Projetos Europeus

Participação do Centro em Projetos Europeus

Desde 2012, tem sido preocupação do Centro corresponder às exigências atuais de integração na Europa, que possam visar nomeadamente a consecução de objetivos no âmbito da Estratégia 2020 e ajudar, a médio prazo, as próprias escolas associadas a cumprir esses mesmos objetivos. Desta forma: – Em maio de 2013, o Centro foi entidade de acolhimento de um estágio de 2 semanas de 6 inspetores da ARACIP, Agência Romena para a Certificação da Qualidade das Escolas do Ensino Pré-universitário. Este estágio, da responsabilidade do CFEBM contou com a colaboração de várias escolas associadas e outras não associadas como o Jardim de Infância D. Pedro V e o Colégio Minerva, bem como com outros Centros de Formação da Rede de Entre Tejo e Sado e outros da região de Lisboa. Foi mostrado muito do trabalho realizado nas diversas escolas com os nossos alunos, a vários níveis, tendo sido considerado muito útil e produtivo pelos exemplos de boas práticas partilhados por todos os que colaboraram diretamente recebendo os colegas. Estas boas práticas, mostradas e dadas a conhecer também através de documentação disponibilizada, visaram desde os métodos de ensino em sala de aula, passando pela avaliação externa e interna das escolas, funcionamento de clubes, bibliotecas, necessidades educativas especiais e TEIPS. – Em 2014, o Centro concretizou um projeto Leonardo da Vinci, visando apoiar uma das escolas associadas com mais problemas a nível da implementação da avaliação interna, a Escola Secundária da Baixa da Banheira, cuja Comissão de Avaliação Interna pôde, desta forma, participar num estágio na Roménia, na ARACIP, que se verificou ter sido enriquecedor para o trabalho a implementar no terreno, a par da formação já solicitada por esta escola neste mesmo âmbito. – No biénio 2012/14, o Centro foi parceiro num Projeto Grundtvig, “Quels outils pédagogiques pour la socialisation des jeunes avec les parents?”, com a coordenação do CIARA. Este projeto tinha como objetivo uma abordagem e reflexão sobre a socialização dos jovens, cujos objetivos se coadunaram com outras atividades e parcerias em curso, nomeadamente a Rede de Empregabilidade, a formação sobre indisciplina e gestão de conflitos. – No biénio 2015/17, o Centro fez parte de uma parceria no Projeto “A Escola da Floresta – Uma Aventura da Aprendizagem, com a coordenação da Questão de Equilíbrio. – De salientar que está em curso um projeto inovador de internacionalização do Centro, a partir do qual este se tornará entidade formadora de professores europeus no âmbito da ação KA1. Está previsto o início com 2 ou 3 cursos em temáticas chave, a nível europeu, a título experimental.